AREA PRIVADA

Notícias

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

São Tomé e Príncipe acolheu com exito a 46ª sessão do Comité Executivo da ACNO

Classifique este item
(0 votos)

São Tomé e Príncipe acolheu com exito a 46ª sessão do Comité Executivo da  ACNOA........

 A capital são-tomense foi palco durante dois dias da quadragésima sexta Sessão do Comitê Executivo da Associação de Comitês Nacionais Olímpicos de África (ACNOA). 

Este evento que reuniu os mais altos responsáveis do Movimento Olímpico e Desportivo Africano visou discutir e traçar metas para o futuro do desporto no continente.

O Movimento Olímpico Africano, que representamos aqui nesta sala, reconhece os desafios que o continente deve fazer face, a curto, médio e longo prazo, para oferecer aos jovens atletas a performance necessária, para nos representarem com dignidade nas altas montras mundiais do desporto internacional» declarou João Costa Alegre, segundo vice-presidente da ACNOA, no seu discurso na cerimónia de abertura dos trabalhos

Costa Alegre reforçou ainda que a detenção de novos talentos, o desenvolvimento do desporto na escola, a formação de atletas de elite, a formação de quadros, a melhor repartição de recursos disponíveis, entre outras, são alguns aspetos que devem estar no centro das nossas preocupações se queremos afirmar no vasto ambiente que nos proporciona o desporto.

Este desafio, deve ser de todos os autores, cada um a sua medida e com os meios a sua disposição, em concertação para evitar custos desnecessários, porque eles são raros, e especialmente agora com a crise económica global que afeta a todos de uma maneira ou outra.

 Lassana Palenfo Presidente da ACNOA por sua vez, garantiu na ocasião que a  participação dos Estados, dos Comités Olímpicos, das associações, clubes e federações nacionais nos projetos educativos territoriais através do desporto é um dos objetivos dos objetivos da organização que lidera.

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.